Foz do Iguaçu – O que saber antes de ir

0
448

As vezes vc pode ter pensado em deixar as Cataratas do Iguaçu para depois em seus planos, pensando como a gente que iria lá em Foz do Iguaçu apenas para ver “agua caindo”. Estávamos totalmente enganadas, erramos feio.

O que encontramos nas Cataratas do Iguaçu foi uma das vistas mais lindas que já tivemos em nossas vidas.

Mas, vamos começar falando com planejamos essa viagem incrível: Saimos de nossa cidade e fomos de carro!!! Agora sim, vc deve estar pensando: Que loucas! rs

Gente Saímos de Sorocaba, interior de SP e rodamos 987 km até Foz do Iguaçu. Quem nos inspirou foram os “muambeiros” de plantão..haha sim se os muambeiros fazem isso semanalmente pq nós não faríamos? Colocamos no WAZE e fomos.

Levamos 13 horas para ir, fomos pela Raposo Tavares sentido Itapetininga e gastamos R$ 220,00 em combustível com nosso lindo e maravilhoso Uno Vivace e R$ 139,10 com pedágios. Na volta fomos pela Castelo Branco, rodamos 950 km em 10hs e o gasto em combustível foi o mesmo porém em pedágios aumentou para R$ 163,90. Total da viagem ida e volta R$ 743,00, considerando que para a mesma data o voo de ida e volta para duas pessoas estava num valor de R$ 1350,00 por pessoa tivemos uma economia de R$ 1.957,00. A estrada é ótima, não temos reclamações.

Em Foz ficamos no Maricá Bed and Breakfast (http://maricabedbreakfast.com/) , é estilo um hostel porém de luxo. Vc tem a chave da casa, entra e sai a hora que quer, tem um quarto todo lindo só pra vc e wc privativo tbm. O Café da manhã é maravilhoso e é o que precisamos para nos sentir em casa mesmo.

Nosso primeiro dia de passeio optamos por conhecer o lado brasileiro das Cataratas, o Parque das Aves e tbm o Templo Budista. O que dizer? Foi incrível!!

O Lado Brasileiro é maravilhoso, vc tem várias vistas das quedas. E o melhor é que fomos numa vazão boa de agua, tinha chovido bastante na região dias antes. Se vc for assim que abrir o parque consegue pegar ele vazio em dias de semana, além disso optamos por comprar nossos ingressos on line que custa R$ 39,00 por pessoa (https://cataratasdoiguacu.com.br/), e quando chegamos não precisamos ficar na fila para comprar ingressos, fomos direto ao portão de entrada enquanto a fila já dobrava a esquina. O estacionamento custa R$ 24,00 para o período do dia todo.

Quando entramos no parque e chegamos ao ponto inicial de visitação, optamos por ir direto ao final da trilha e pegar as passarelas vazias para fotos e vídeos. Depois voltamos fazendo a trilha (fica a dica).

A capa de chuva é indispensável para esse passeio, ou vc pode ir com roupas de banho por baixo, chinelos e aproveitar ao máximo os respingos de uma bela cachoeira. Mas, tbm existem ponto para simplesmente apreciar sem se molhar se é o que vc gosta. O passeio do lado brasileiro pode ser feito em um período de aproximadamente 2 a 3 horas tranquilamente.

Saindo do parque das Cataratas, atravessando a rua vc tem como opção o parque das aves que custa R$ 45,00 por pessoa, e tbm tem a possibilidade de fazer um passeio com interação com os animais por R$ 200,00. Já que vc só precisou atravessar a rua para ir ao parque das aves deixe seu carro no parque das Cataratas e não pague nada a mais por isso.

Foto: Apaixonadas Por ai



Diferentemente de um zoo, o parque das aves é um centro de reabilitação de animais que foram capturados de caçadores ou maus tratos por pessoas que tentaram criar esses animais em espaços inadequados, ou por se tratarem de animais silvestres que não devem ficar presos. Além do foco do parque tbm ser preservação de espécies, então quando vc o visita tem a possibilidade de contribuir com os projetos do parque.

A parte que mais gostamos foi a gaiola gigante que entramos e ficamos junto com as várias espécies de araras, siriemas e algumas outras aves. Vale muito a pena a visitação e rendem ótimas fotos!!!

A terceira parada do dia, foi o templo budista. Lugar de paz, silencio e muita religiosidade. Possui várias estátuas e um Buda gigante logo na entrada todo simpático dando boas vindas a todos que ali chegam. O templo fica aberto das 9h as 16:30h e não se paga nada pra entrar. Como chegar? Colocamos no waze e foi muito fácil: R. Dr. Josivalter Vila Nova, 99 – Jardim California, Foz do Iguaçu – PR, 85867-504.

Quando terminamos os três passeios do dia, optamos por jantar no shopping JL, com muitas opções e ótimos valores.

No segundo dia acordamos bem cedo e preferimos passar a fronteira com a argentina as 8hs da manhã. Como estávamos de carro próprio, é necessário uma “carta verde” pra vc sair do país com ele e essa carta custa em torno de R$ 60,00 para 03 dias. E você precisará do RG ou passaporte para sair do país, a CNH não vale. Passada a fronteira, vc tem a opção de fazer comprinhas no Duty Free da Argentina, um dos maiores paraísos das compras.

Chegando no parque, diferentemente do lado brasileiro é um pouco mais vazio, e custa em torno de R$ 80,00 a entrada por pessoa que vc pode fazer com pesos argentinos na bilheteria ou cartão de credito internacional.

Logo na entrada depois das catracas vc está livre no parque, diferente do lado brasileiro que vc é levado de ônibus até o ponto que é liberada a visitação.

No lado argentino vc tem três opções de visitação, a Superior, a Intermediária, e a Inferior (em nossa opinião a mais bonita).

Começamos pela inferior, onde apenas 20% que vimos do lado brasileiro tivemos a possibilidade de ver as quedas por baixo, digo 20% pq o lado brasileiro é apenas 20% do que se ve do lado argentino, então reserve o dia todo para o parque no lado argentino. Vá com roupas bem confortáveis e um calçado pronto para caminhar pelo menos uns 10km mesmo com as opções de trem que se tem no parque.

Já ouviu falar em garganta do diabo? A vista de cima dela, a coisa mais linda que já vimos está no lado argentino. Na caminhada superior.

Chegando de trem, da estação até a garganta são 1.100 metros de passarela sobre a agua e então o mirante da garganta do Diabo. Novamente eu digo: LINDO, ALGO SURREAL.

E por fim, na caminhada intermediaria, é bonito. Mas, talvez a menos atrativa. Vc ve as quedas da inferior por cima.

Ao longo de todo o parque você verá muitas borboletas, e mais ainda quatis. Sim, eles são muito safados, roubam comida e se vc não tomar cuidado eles podem te agredir. Não os toque, não corra esse risco. São agressivos.

Todo lado argentino é maravilhoso, a vista é fantástica e arriscamos dizer que é bem mais bonita que o lado brasileiro. Porém, o território é nosso!rs Somente a vista é de nossos Hermanos.

Foto: Apaixonadas Por ai

No terceiro dia, tiramos um tempo para conhecer a cidade. Tranquila, bonita e cheia de arvores do jeito que amamos. E a noite fomos para o Marco das três fronteira, onde é possível ver os rios que cortam Brasil da Argentina, Argentina do Paraguai, e Brasil do Paraguai. O por do sol é lindo visto de lá, e tbm se tem um museu com história das Cataratas.

A noite (sextas feiras) é possível ver apresentações de danças típicas, Portuguesas, Paraguaias, Argentinas e Brasileiras. Além das várias opções que se tem para lanchar no local. Adoramos o passeio e custou apenas R$ 24,00 por pessoa.

Ainda existem as opções do museu de cera, a Ponte da amizade e fazer comprinhas no Paraguai, e a Usina Itaipú.

Esperamos que vc tenha curtido as dicas que deixamos aqui e que vc tenha um excelente passeio.

Avalie o Post

Leave a reply