Ceará além do óbvio: conheça o município de Quixadá, a joia do sertão cearense

Fora do eixo de viagens tradicionais, Quixadá oferece ecoturismo, história e cultura no sertão do Ceará; confira o que fazer por lá em 3 dias
0
119

Fora do eixo de viagens tradicionais, Quixadá oferece ecoturismo, história e cultura no sertão do Ceará; confira o que fazer por lá em 3 dias.

Quando se pensa em viajar para o Ceará a grande maioria das pessoas imagina Fortaleza, Jericoacoara ou Canoa Quebrada. Mas a região dos sertões cearenses tem muito a oferecer ao turista. Uma das cidades que mais chama atenção é Quixadá.

A 167 km da capital Fortaleza, Quixadá é um município que abriga 86 mil habitantes e leva o apelido de “terra dos monólitos” por ter formações rochosas peculiares e que “quebram” a aparência da paisagem sertaneja. Além disso é a maior da região.

Para mostrar todas as belezas do lugar, o iG Turismo conversou com o vocalista da banda Os Selvagens à Procura de Lei , Gabriel Aragão, que morou alguns anos no município e separou 10 passeios imperdíveis para fazer durante 3 dias no destino.

O que fazer em Quixadá #1: Fazenda ‘Não Me Deixes’

Foto: A escritora Rachel Queiroz tem estátua, centro cultural e fazenda na cidade, Crédito: Montagem iG/ tripadvisor; Jandreson Gomes

O Ceará é o berço de muitos artistas de talento e a Fazenda ‘Não Me Deixes’ é um museu particular da escritora e dramaturga, Rachel Queiroz, falecida em 2003. Segundo Gabriel, a fazenda é um dos pontos mais procurados na região. “Ela foi a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras”, lembra o vocalista.

A construção data de 1954 e está aberta para visitação, mas é necessário agendar com antecedência. Para quem gosta de visita guiada, o projeto “Nessa tarde não me deixes” monta grupos de 50 visitantes para conhecer a casa. É importante reservar seu lugar com 30 dias de antecedência (telefone 88 99980-8276 ou pelas redes sociais). O valor é de R$30 por pessoa.

Caso o turista queira ir sozinho, o agendamento é de até um dia antes pelo telefone 89 99607-3804 (falar com Aldemir Souza). A entrada de carros, micro-ônibus e ônibus é cobrada.

O que fazer em Quixadá #2: Açude do Cedro

Foto: O Açude foi construído depois de pedido de Dom Pedro II em 1877, Crédito: Reprodução/ Jandreson Gomes

Um dos cartões postais da cidade, o Açude do Cedro foi construído por ordem de Dom Pedro II em 1877 e é parada obrigatória. O projeto teve como objetivo combater a seca e foi uma das primeiras construções do tipo na época.

Várias pedras compõem o entorno, sendo a mais conhecida a Pedra da Galinha Choca. “Seu estilo tem forte inspiração em monumentos romanos. Nosso clipe teve muitas cenas gravadas por lá”, conta Gabriel que gravou com seus companheiros de banda o clipe da música “Intuição” no local, assista:

O que fazer em Quixadá #3: Pedra da Galinha Choca

Foto: A Pedra da Galinha Choca é um dos cartões postais de Quixadá, no Ceará, Crédito: Reprodução/ Jandreson Gomes

Juntamente com o Cedro, a Pedra da Galinha Choca é a paisagem turística mais memorável de Quixadá. Nesse monólito foram filmados filmes como “O Cangaceiro Trapalhão”, de 1983, e “Área Q”, de 2012.

Para os aventureiros é possível subir até o topo da pedra. “A trilha tem início no Açude do Cedro e termina com uma vista fantástica, literalmente “montado” nas costas da Pedra da Galinha Choca”, explica o músico.

A trilha dura aproximadamente 40 minutos e tem grau médio de dificuldade, mas a presença de um guia local é essencial. Estando lá é fácil encontrar grupos que subam o caminho.

O que fazer em Quixadá #4: Santuário Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão

Foto: O Santuário Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão é um dos pontos turísticos religiosos da região, Crédito: Reprodução/ Jandreson Gomes

Praticamente todas as cidades turísticas do Brasil contam com uma  atração religiosa e em Quixadá não é diferente. O Santuário Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão está a 12 km do centro da cidade, no Morro do Urucu.

“Todas as imagens com o dia amanhecendo do nosso clipe foram filmadas neste Santuário católico. Quando morei em Quixadá estive presente em sua inauguração com a minha família, em 1995, feita por Dom Adélio. O Santuário também é um hotel para quem quiser ter uma experiência mais isolada e tranquila”, explica Gabriel.

Quem quiser se hospedar no Santuário terá três refeições inclusas na diária (café da manhã, almoço e jantar). Grupos acima de 10 pessoas tem valor diferenciado. Crianças até 06 anos não pagam, de 07 a 10 anos pagam R$55 e dos 11 aos 14 anos R$ 75.

Confira a tabela de preços:

  • Individual: R$ 125
  • Duplo: R$ 240
  • Triplo: R$ 360
  • Casal: R$ 230

O que fazer em Quixadá #5: Rampa de Voo Livre

Foto: A rampa de voo livre de Quixadá é conhecida como “rampa dos recordes” ,Crédito: Reprodução/ Jandreson Gomes

Na região do Morro do Urucu, pouco antes do Santuário, a Rampa de Voo Livre é mais uma atração turística para os viajantes. Conhecida como a “rampa dos recordes” é administrada pela Associação de Voo Livre do Sertão Central.

“Quem gosta de asa delta e outros estilos semelhantes de voo livre, esse ponto é super conhecido por quem pratica esse tipo de esporte, com excelentes condições para voo. Vale a pena assistir o nascer ou o pôr do sol próximo à rampa”, aconselha o vocalista da ‘Os Selvagens à Procura de Lei’.

O que fazer em Quixadá #6: Trilha da Árvore Barriguda

Foto: A Fazenda Magé tem variadas opções de entretenimento, entre elas a trilha da árvore barriguda, Crédito: Reprodução/ Facebook

Ainda na onda de atividades radicais, a trilha da Árvore Barriguda tem acesso por dentro da Fazenda Magé (R. Pres. Vargas – São João) e apresenta obstáculos.

“Tem mata mais fechada, com alguns trechos de escalada leve, mas com final recompensado pela imponência da centenária Árvore Barriguda, no topo da maior pedra dos arredores”, diz.

O que fazer em Quixadá #7: Serra do Estevão

Foto: Na Serra do Estevão as pessoas podem conhecer o mosteiro e capela de São José, Crédito: Reprodução

Serra do Estevão , na zona rural de Quixadá, tem clima ameno e é o ponto mais alto do município. “Para quem quiser, é possível ficar hospedado na Casa de Repouso São José. Minha família costumava passar alguns finais de semana por lá. Vista linda e tranquilidade total”, lembra o músico.

  • Endereço: Estrada Serra Estevão, s/n
  • Para reservas: (88) 3412-0957

O que fazer em Quixadá #8: Pedra do Cruzeiro

Foto: A pedra do cruzeiro fica na região central do Quixadá, Crédito: Reprodução/brasilguias

A Pedra do Cruzeiro fica no centro da cidade e está a 190 metros acima do nível do mar. “Algumas trilhas levam até o topo onde se pode ter uma vista panorâmica da cidade”, explica Gabriel.

A subida é de nível médio de dificuldade e tem escada para quem tiver dificuldades de locomoção, como informa o site “ Quixadá Turismo e História ”.

O que fazer em Quixadá #9: Matulão Bar e Música

Foto: O Matulão tem homenagem a Luiz Gonzaga, Crédito: Reprodução/ Facebook

Hora da comida! Gabriel tem uma indicação de restaurante para quem for visitar Quixadá. Segundo ele o Matulão foi aberto recentemente e tem temática regional do sertão nordestino , pratos típicos, além de ter sido batizado com inspiração em Luiz Gonzaga. “Vale a pena dar aquela relaxada ou jantar depois de um dia de aventuras por Quixadá”, explica.

O restaurante também está na lista dos 10 melhores de Quixadá pela TripAdvisor que ainda tem: Pé de Serra; Restaurante Caroa; Saborear; Bom D+, entre outros.

O que fazer em Quixadá #10: Hotel Vale Das Pedras

Foto: O Hotel Vale das Pedras é um dos locais de hospedagem de Quixadá, Crédito: Reprodução/ Facebook

E depois de todos esses passeios o bom é descansar. “Pra quem quer conhecer Quixadá em todo o seu esplendor sempre indico a hospedagem Hotel Vale das Pedras, um verdadeiro oásis, com piscina, espaço para show (Selvagens à Procura de Lei já se apresentaram lá). Conta com uma vista incrível e muito conforto. O maior hotel da região”, conta Gabriel.

  • Endereço: Av. Jesus Maria e José, 2010 – Jardim Monolitos
  • Reservas em (88) 3412-2171

 

*Bônus!

Foto: A Gruta de São Francisco é uma as atrações religiosas de Quixadá, Crédito: Reprodução/ Quixadá Turismo e História

Durante nossa pesquisa sobre Quixadá encontramos a Gruta de São Francisco. O Santurário ecológico é o segundo ponto de religiosidade do roteiro. Inaugurado em 2008, a gruta fica a 7 km do centro e é dedicada a freguesia Franciscana. Também pode ser um ponto para se visitar.

 

 

Avalie o Post

Leave a reply